NAS UNHAS ESMALTE PRETO

EU CANTO PORQUE O INSTANTE EXISTE E A MINHA VIDA ESTÁ COMPLETA. NÃO SOU ALEGRE E NEM SOU TRISTE: SOU POETA.

CECÍLIA MEIRELES.

Escrevo com a velocidade dos sentimentos que se embaralham no meu peito. As vezes escrevo vários poemas num dia e noutros nem mesmo um. Tem dias que estou em paz, mas noutros a angustia me arrebenta por dentro. Nada me passa despercebido! Enquanto eu ainda tiver alguns dos meus sentidos, pego caneta e papel, tenho a ânsia de escrever. Nosalai é um pseudônimo que eu criei juntando dois codinomes que minha mãe costumava me chamar. Escrevo desde os 12 anos de idade, por isso, não coloco as datas em todos os meus poemas. Ah sim, eu só uso esmalte preto!

Sobre Mim

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Sou mutante. Adoro o negro e a cor do sangue! Não consigo usar sempre o mesmo perfume e nem mesmo o mesmo sabonete. Meu coração grita por liberdade. Vivo todos os sentimentos intensamente. Eu não conheço meio termo. Sou mística e exotérica. Posso ser gótica ou angelical.Tenho a sensibilidade a flor da pele e um sexto sentido de bruxa. Gosto das coisas boas! Estou sempre de bem com a vida. Adoro rir! Pessoas inteligentes me atraem. Impaciência faz parte de mim.
Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes… tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos. Você pode até me empurrar de um penhasco que eu vou dizer: - E daí? Eu adoro voar! Não me dêem fórmulas certas, por que eu não espero acertar sempre. Não me mostrem o que esperam de mim, por que vou seguir meu coração. Não me façam ser quem não sou. Não me convidem a ser igual, por que sinceramente sou diferente. Não sei amar pela metade. Não sei viver de mentira. Não sei voar de pés no chão. Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra sempre Clarice Lispector

domingo, 20 de setembro de 2009

AS CANÇÕES E AS PALAVRAS


As Canções e as Palavras

Uma tristeza e uma alegria
O meu coração entrelaça
De ti tão perto estou
E um oceano nos separa

Amor
Meu grande amor
Se por ti me desfaço em flor
Sou rosa que almeja por teu toque
Eu deixo aroma até em meus espinhos
O vento fala por mim
Meu pensamento é em ti

Desfaço-me em pétalas pelo teu jardim
Não te aflijas por mim
Quero sentir o macio beijo dos teus lábios

É por perder-me em ti
Que serei Lembrada
É por desfolhar-me
Que meu amor por ti
Não terá fim.


Nosalai RJ 20/set/2009

A ti tão especial que me inspiras tudo isso!
Amo-te

8 comentários:

Older disse...

Volta em grande estilo, parabéns pelas palavras sempre apaixonadas.
Bjs

Simplesmente Mariza disse...

Sempre maravilhosa tua poesia. Em qualquer estilo que sigas....sempre muito forte. Um abraço
Mariza

maria rosa disse...

Hola amiga, hace mucho tiempo que no se nada de tí, como siempre tus poemas tan especialaes.
Laura se casó y estuvo quince dias por el norte de Brasil, visitando las dunas y sus lagos, como sabes es una enamorada de tu pais.
Te envio un gran abrazo desde la orilla del Mediterraneo.

Paco Bailac disse...

saludos desde el corazón


pacobailacoach.blogspot.com

Ricardo disse...

ser, estar e sentir, me faz sorrir
nos meus sonhos eu pondero no que pode ter sido
Te sinto então no ar que me corre pelos dedos que são como segredos que o vento me conta no ouvido.

Fico assim sempre cheio de alegria
assim como também vivacidade,
com um desejo incurável de viver cada dia como se fosse aquele em que tu és a minha outra metade.

adorei vir aqui ao teu site de novo, e ver que o amor te persegue, e que te desfolha a petalas negras revelando as rosa e sedosas por baixo que sempre la estiveram. jinhos doces, te desejo UM FELIZ NATAL com um PROSPERO ANO NOVO. xxx JJ&JJ

Rico disse...

Ta na altura de pores aqui mais alguns Poemas...que saudades..então dedico esta canção para ti para te incentivar......jinhos doces xxx

http://www.youtube.com/watch?v=i4OMctbLZRE

Paco Bailac disse...

No te veo...

Paco

Paco Bailac disse...

¿Donde duermes luz del alba?


Paco